Sobre nós


Formado em 1995, o Ballet Contemporâneo do Norte (BCN), é uma companhia com 22 anos de existência, sediada em Santa Maria da Feira com reconhecido trabalho na dança contemporânea. Tendo começado o seu percurso como estrutura amadora, com base num grupo de alunos entusiastas e talentosas da escola de Conchita Ramirez, em Espinho, os anos de 1996 e 1997 foram, para o BCN, de afirmação e desenvolvimento do talento e vontade existentes. Foi aliás, em 1997 que o BCN conseguiu o seu primeiro subsídio pontual do Ministerio da Cultura e a partir de 1998, esse apoio passou a ser anual, tendo passado a bianual em 2001/2002.
A companhia foi efetivamente criada por Elisa Worm no concelho de Estarreja, onde encontrou o espaço ideal para lançar os alicerces de uma estrutura que se identifica com com o projeto global de descentralização da produção cultural e onde permaneceu e desenvolveu trabalho artístico durante vários anos impulsionada pelo desejo de contribuir para a formação estética e educação das sensibilidades que originem novos públicos. Em Julho de 1998, o BCN conjuntamente com a Escola de Dança do Conservatório Nacional de Lisboa (representados respectivamente pela Presidente da Direção Elisa Worm e a Presidente do Conselho Diretivo Ana Pereira Caldas), assinam um protocolo que proporcione um contacto efetivo entre a Escola e o meio profissional. Ao abrigo deste protocolo, o BCN passou a proporcionar um estágio de um ano aos alunos que, tendo terminado com aproveitamento o 8º ano do Curso de Formação de Bailarinos da EDCNL, correspondam ao perfil técnico e artístico exigido pela companhia. Em 1999, Março, dá-se um novo e importante passo em frente no desenvolvimento do BCN com o alugar de instalações próprias incluindo estúdios, um auditório e salas de apoio. Neste novo espaço foi possível dar continuidade ao trabalho  de formação técnica e artística dos bailarinos, assegurando o desenvolvimento do seu talento, tornando assim possível um crescente profissionalismo. Em 2000, realizaram-se audições a nível nacional e internacional, apostando numa renovação do elenco da companhia com vista à desejada profissionalização. A 1 de Março o BCN assumiu então um caráter profissional. E trabalhando com coreógrafos como Luís Carolino, Mafalda Deville, Joana Nossa e Susana Otero.
 Em 2007, a companhia mudou-se para Santa Maria da Feira, onde desenvolve o seu programa artístico. Desde 2011 sob a direção de Susana Otero, que se concentrou no apoio ao desenvolvimento de jovens artistas, incluindo dois novos artistas associados - Dinis Machado e Rogério Nuno Costa - e criando um programa de curadores convidados para os próximos 4 anos. Além de um trabalho preponderante de criação e formação de públicos através do trabalho do Serviço Educacional prestado à comunidade jovem de todo o município. Um espaço ideal para estabelecer as bases de uma estrutura que, desde o início, se identifica com o projeto geral de descentralização da produção cultural.

O BCN apresentou-se por diversas vezes em Estarreja, Viseu, Ovar, Porto (Coliseu, Teatro Helena Sá e Costa, mala voadora), Centro Cultural de Aveiro, Lisboa (Teatro Camões e ZDB), Festival Esta 99, Mourão, Beja, Amadora, Castelo de Paiva, Tondela, Faro, Covilhã, Idanha-a-Nova, Aveiro (Centro Cultural e de Congressos), Gouveia, Castelo Novo, Marvão, Monsanto, Idanha-a-Velha, Fundão, Avança (Casa Egas Moniz), Espinho, Portimão, Vila do Conde, Almada, Sintra (Centro Cultural Olga Cadaval), Coimbra (Teatro Gil Vicente), Seia, Oliveira de Azeméis, Bragança, Amarante, Figueira da Foz (CAE), C. C. da Malaposta, Portalegre (CAE); Covilhã, Alcobaça, Vila Nova de Foz Côa, Aveiro (Estaleiro Teatral), Águeda, Santa Maria da Feira, Castelo Branco, Vila Nova de Gaia (A22 e Auditório Municipal de Gaia) e Felgueiras.


Internacionalmente apresentou-se em França, La Riche; digressão no estado do Paraná, Brasil, espectáculos em sete cidades; Mostra Internacional de Dança de Oaxaca, Teatro Macedónio Alcalá, México; Feira Internacional de Teatro em Cuidad Rodrigo, Espanha; e no Weld, na Suécia.

1995
Fundação da companhia.

1996
Apoio anual C.M.E. e pontual MC/IPAE. Estreia a 27 Abril no T.M. Estarreja.

1997
Apoio MC/IPAE passa a anual.

1998
Última Dança de Elisa Worm, 17 Abril T.M. Estarreja.
Reposição em Maio com a presença do MC, sendo a companhia integrada no serviço de itinerância do IPAE.
I Semana da Dança Contemporânea de Estarreja, Abril.

1999
Aluguer de instalações próprias e criação do Espaço BCN, apoio em material, da F.C.G., e financeiro do MC.
Reverso do Passado e To a Very Special... de Mafalda Deville. "Espelho meu...espelho meu..." e "As três graças" de Luís Carolino, no Festival ESTA 99.
Programa Happening trabalho coletivo destinado a espaços cénicos alternativos.
A ÚLTIMA DANÇA apresentada na Criativa 99, na Escola Superior de Beja.
Iniciam-se os Cursos Livres de dança para crianças no Espaço BCN.
II Semana da Dança Contemporânea de Estarreja, com a participação da Companhia Dançarte de Palmela, o BCN e o bailarino/coreógrafo Ludger Lamers, em Abril.

2000
Audições a nível nacional e internacional para renovação do elenco da companhia com vista à profissionalização.
1 de Março, abertura das novas instalações - ESPAÇO BCN.
Colaboração permanente do coreógrafo Luís Carolino.
A Pessoa da Pessoa na minha Pessoa, de Mafalda Deville, estreia absoluta no ESPAÇO BCN.
Amanhã Decido e Flippin'Ek de Luís Carolino.
III Semana da Dança Contemporânea de Estarreja, com a participação da Companhia Olga Roriz, Companhia Instável, Pedro Carvalho e BCN de 23-29 outubro.
Início do projeto "As 5ªs Feiras de Arte e Cultura".
Reverso do Passado vai ao Teatro das Beiras, 16 de maio.

2001
O Apoio financeiro do MC passou a ser bianual.
Ver Página 297 de Mafalda Deville a 26 abril.
Reverso do Passado vai ao La Riche em França.
IV Semana da Dança Contemporânea de Estarreja, com João Fiadeiro, BCN, Real Pelágio - Sílvia Real e Cêdêcê em Outubro.

2002
Porta Norte de Elisa Worm e Mafalda Deville no âmbito do projeto "O Corpo Real e o Corpo Ficcionado e a Realidade Local", financiado pelo POC/FEDER que levou a dança contemporânea às Aldeias Históricas.
V Semana da Dança Contemporânea de Estarreja, sob a designação SOLOS com criações de Fabrizzio Passaglia, Sílvia Real e Mafalda Deville em Outubro.

2003
Teologia da Queda de Luís Carolino.

2004
Dois programas com peças criadas pelos bailarinos do BCN:
 A VELHA SOLIDÃO de Rui Marques
MEMÓRIA NÚMERO 23 de Joana Nossa
89 VOLTS de Susana Otero

2005
Peepshow de Joana Nossa.

2006
Dança Arroba Ponto Come de Elisa Worm.

2007
O apoio financeiro por parte da C. M. Estarreja atinge um nível tão baixo que torna impossível a manutenção do Espaço BCN.
As instalações são encerradas em Março e o projeto BCN é acolhido pela C.M. Santa Maria da Feira em Setembro do mesmo ano.

2008
Nocturno de Luís Carolino

2009
Ipterix Ipteridex de Luís Carolino espetáculo oficina de movimento para a infância.

2010
7 Personagens em Hora de Ponta de Elisa Worm e Che Diavolo Fate? de Luís Carolino.

2011
A notícia da minha morte foi um exagero, de Susana Otero.
Susana Otero assume a direção artística da companhia.
Ponto Amarelo em Fundo Negro (com observador) de Andreas Dyrdal.

2012
Conspurcados, de Joclécio Azevedo. Em 2012 o BCN não recebe apoio do estado.

2013
A Construção, espetáculo e documentário
Nil City, de Flávio Rodrigues

2014
End of Transmission de Mariana Tengner Barros
Outros Formatos I com criações de Rogério Nuno Costa, Tania Carvalho e Joana von Mayer Trindade
As Meninas Joana von Mayer Trindade

2015
O Nome da Historia de Mariana Tengner Barros, espetáculo infantil
Repertório para Cadeiras Figurantes e Figurinos de Miguel Pereira
DINIS MACHADO é convidado a ser Artista Associado do BCN.

2016
MACHA de Mariana Tengner Barros
IN A MANNER OF SPEAKING de Dinis Machado
ROGÉRIO NUNO COSTA é convidado a ser Artista Associado do BCN.

2017 - CURADORIA DO ARTISTA ASSOCIADO DINIS MACHADO
OUTROS FORMATOS II com criações de Jorge Gonçalves, Renata Portas, Sade Risku, Sérgio Diogo Matias e Flávio Leihan
BALLET//CONTEMPORÂNEO//NORTE de Rebecka Stillman e Litó Walkey
DO OUTRO LADO DO BURACO de Elisabete Finger
UMA DANÇA POR MÊS
IN A MANNER OF SPEAKING apresentado no Weld, Suécia

2018 - CURADORIA DE MARIANA TENGNER BARROS

Nova Criação de Anna Pehrsson



Formed in 1995, the Ballet Contemporâneo do Norte (BCN) is a company with 22 years of existence, based in Santa Maria da Feira with recognized work in contemporary dance. Having started out as an amateur structure, based on a group of enthusiastic and talented students from Conchita Ramirez School in Espinho, the years 1996 and 1997 were for BCN to affirm and develop the existing talent and will. Moreover, in 1997 BCN obtained its first one-off grant from the Ministry of Culture, and from 1998 onwards, this support became annual and passed every two years in 2001/2002.
The company was effectively created by Elisa Worm with the city hall of Estarreja, where she found the ideal space to lay the foundations of a structure that is identified with the global project of decentralization of cultural production and where she remained and developed artistic work for several years driven by the desire to contribute to the aesthetic formation and education of the sensitivities that originate new audiences.
In July 1998, BCN together with the Dance School of Lisbon National Conservatory (represented respectively by the Director Elisa Worm and the Chairman of the Board Ana Pereira Caldas), signed a protocol that provides effective contact between the school and the professional environment. Under this protocol, BCN began to provide a one-year internship to students who, having successfully completed the 8th year of the EDCNL Dancers Training Course, correspond to the technical and artistic profile required by the company.
 In March 1999, there is a new and important step forward in the development of BCN by renting its own facilities including studios, an auditorium and support rooms. In this new space it was possible to continue the work of technical and artistic training of the dancers, ensuring the development of their talent, thus making possible a growing professionalism. In 2000, auditions were held nationally and internationally, betting on a renewal of the company's cast with a view to the desired professionalization. On 1 March, BCN assumed a professional character working with choreographers such as Luís Carolino, Mafalda Deville, Joana Nossa and Susana Otero.

In 2007, the company moved to Santa Maria da Feira, where it develops its artistic program. Since 2011 under the direction of Susana Otero, which has focused on supporting the development of young artists, including two new associated artists - Dinis Machado and Rogério Nuno Costa - and creating a program of invited curators for the next 4 years. Besides a preponderant work of creation and formation of publics through the work of the Educational Service provided to the young community of the whole municipality.

BCN has performed several times in Estarreja, Viseu, Ovar, Porto (Coliseu, Helena Sá e Costa Theater, flying suitcase), Aveiro Cultural Center, Lisbon (Camões Theater and ZDB), Festival Esta 99, Mourão, Beja, Amadora, Castelo de Paiva, Tondela, Faro, Covilhã, Idanha-a-Nova, Aveiro (Cultural and Congress Center), Gouveia, Castelo Novo, Marvão, Monsanto, Idanha-a- , Espinho, Portimão, Vila do Conde, Almada, Sintra (Olga Cadaval Cultural Center), Coimbra (Gil Vicente Theater), Seia, Oliveira de Azemeis, Bragança, Amarante, Figueira da Foz (CAE), CC da Malaposta, Portalegre ); Covilhã, Alcobaça, Vila Nova de Foz Côa, Aveiro (Teatral Shipyard), Águeda, Santa Maria da Feira, Castelo Branco, Vila Nova de Gaia (A22 and Gaia Municipal Auditorium) and Felgueiras.   
Internationally presented in France, La Riche; Tour in the state of Paraná, Brazil, shows in seven cities; International Dance Show of Oaxaca, Teatro Macedonio Alcalá, Mexico; International Theater Fair in Cuidad Rodrigo, Spain; And Weld, Sweden.

1995
Company foundation.

1996 
Annual support C.M.E. And punctual MC / IPAE. Debuts on April 27 at T.M. Estarreja. 
 
1997 
MC / IPAE support is changed to annual.  
 
1998 
A Última Dança (Last Dance) by Elisa Worm, April 17th at T.M. Estarreja. 
Replenishment in May with the presence of Minister of Culture, being the company integrated into the IPAE roaming service.  
First Week of Contemporary Dance of Estarreja in April.

1999 
Rent of own facilities and creation of Espaço BCN, support in material, of the F.C.G., and financial of the MC. O Reverso do Passado (Reverse of the Past) and To a Very Special... (To a Very Special... 
by Mafalda Deville. Espelho Meu, Espelho Meu ("Mirror of my ... mirror of my ...") and As Três Graças (The Three Graces) by Luís Carolino at ESTA 99 Festival. 
Happening program collective work destined to alternative scenic spaces. 
A Última Dança (Last Dance) presented at Creative 99, at Beja High School. 
The free dance courses for children in BCN Space begin. 
Second Week of the Contemporary Dance of Estarreja, with the participation of Companhia Dançarte de Palmela, BCN and the dancer/choreographer Ludger Lamers, in April.  
 
2000 
Auditions at national and international level to renew the company's cast with a view to 
professionalization. 1 March, opening of the new facilities - ESPAÇO BCN (BCN Space). 
Permanent collaboration of choreographer Luís Carolino. 
A Pessoa da Pessoa da Minha Pessoa (The Person of the Person in My Person) by Mafalda Deville, absolute premiere at ESPAÇO BCN (BCN Space. Amanhã Decido (Tomorrow I Decide) and Flippin'Ek by Luís Carolino. 
Third Week of Contemporary Dance of Estarreja, with the participation of Olga Roriz Company, 
Instável Company, Pedro Carvalho and BCN from 23-29 October. 
Start of the project Quintas Feiras de Arte e Cultura (Art and Culture Thursdays). 
O Reverso do Passado (Reverse of the Past) goes to the Theater of Beiras, May 16.

2001 
The financial support of the MC has now become biennial. 
Ver Página 297 (See page 297) by Mafalda Deville on April 26. 
O Reverso do Passado (Reverse of the Past) goes to La Riche in France. 
Fourth Week of Contemporary Dance of Estarreja, with João Fiadeiro, BCN, Real Pelágio - Sílvia Real and Cêdêcê in October.  
 
2002 
Porta Norte (North Door) by Elisa Worm and Mafalda Deville in the framework of the project 
"The Real Body and the Fictional Body and Local Reality", funded by the POC / FEDER that brought contemporary dance to the Historical Villages. 
Fifth Estarreja Contemporary Dance Week, under the designation SOLOS with creations by Fabrizzio Passaglia, Sílvia Real and Mafalda Deville in October. 
 
 2003 
Teologia da Queda (Theology of the Fall) by Luís Carolino.  
 
2004 
Two programs with pieces created by the resident dancers of BCN:  
A Velha Solidão (The Old Loneliness) by Rui Marques, Memória Número 23 (Memory Number 23) 
by Joana Nossa and 89 Volts by Susana Otero. 
 
2005 
Peepshow by Joana Nossa.


2006 
Dance Arroba Ponto Come (Dance@.com) by Elisa Worm 
 
2007 
Financial support from C. Estarreja is so low that it is impossible to maintain the ESPAÇO BCN 
(BCN Space). 
The facilities are closed in March and BCN project is hosted by Santa Maria da Feira City Hall in 
September of the same year. 
 
2008 
Noturno (Nocturnal) by Luís Carolino 
 
2009 
Ipterix Ipteridex by Luís Carolino show movement workshop for children.  
 
2010 
7 Personagens em Hora de Ponta (7 Characters in Rush Hour) by Elisa Worm and Che Diavolo 
Fate? by Luís Carolino.  
 
2011 
A Notícia da Minha Morte foi um Exagero (The news of my death were an exaggeration) by Susana Otero. 
Susana Otero assumes the artistic direction of the company. 
Ponto Amarelo com Fundo Negro (com observador) (Yellow Point on Black Background (with 
observer)) by Andreas Dyrdal.


2012 
Conspurcados (Deflowered) by Joclécio Azevedo. 
In 2012 BCN does not receive support from the state.  
 
2013 
A Construção (The Construction), performance and documentary by Pedro Rosa.
Nil City by Flávio Rodrigues  
 
2014 
End of Transmission by Mariana Tengner Barros 
First Edition of Outros Formatos (Other Formats I) with creations by Rogério Nuno Costa – 
E U R O D A N C E, Tânia Carvalho – Saltus (Jumps) and Joana von Mayer Trindade – Meninas 
(Girls).  
 
2015 
O Nome da História (The Name of the Story) by Mariana Tengner Barros, children's show at CAE
Sever do Vouga, November 14th. 
Repertório para Cadeiras, Figurantes e Figurinos (Repertoire for Chairs, Costumes and Extras) by Miguel Pereira at Cineteatro António Lamoso, on October 10th. 
E U R O D A N C E is presented in mala voadora Porto on december. 
Dinis Machado is invited to be an Associated Artist of BCN.

2016 
MACHA by Mariana Tengner Barros at Cineteatro António Lamoso on Januray and is presented in ZDB Lisbon 
Repertório para Cadeiras, Figurantes e Figurinos (Repertoire for Chairs, Costumes and Extras) by Miguel Pereira at Auditório Municipal de Gaia, on April 29th. 
E U R O D A N C E is presented in Teatro Sá da Bandeira, Santarém on 30th April and in A22. 
In a Manner of Speaking by Dinis Machado at Cineteatro António Lamoso on 29th October and is 
presented in december at the Temps d’Images Festival. 
Rogério Nuno Costa is invited to be an Associated Artist of BCN.  
 
2017
Curatorship by Dinis Machado
Second Edition of Outros Formatos (Other Formats II)  with creations by Jorge Gonçalves – Hold the hands at the tip of my words, Renata Portas – Que ruído faz o teu corpo contra o meu? (What 
sound makes your body against mine?), Sade Risku – Incoherent Conversation, Sérgio Diogo 
Matias – Insólidos (Insolid) and Flávio Leihan – Haiku at Cineteatro António Lamoso at 4th 
February. 
BALLET // CONTEMPORÂNEO // NORTE by Rebecka Stillman and Litó Walkey at Cineteatro 
António Lamoso on 29th September. 
Do Outro Lado do Buraco (On the other side of the hole) Elisabete Finger's at Cineteatro António 
Lamoso on November. 
Starts Uma Dança por Mês (One Dance per Month) program. 
In a Manner of Speaking presented at Weld, Sweden on September 8th. 
 
2018 
Curatorship by Mariana Tengner Barros

New Creation by Anna Pehrsson

Google+ Followers